quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Relax...

DOMINGO - FARENSE x Esp.Lagos



Domingo, o nosso FARENSE recebe o Esperança de Lagos no S.Luis pelas 15h.
Neste derby regional o nosso FARENSE vai necessitar de todo o apoio neste encontro que se demonstra de grande importância nesta fase final do campeonato depois do empate em Montemor.
Apela-se a mobilização geral de todos nós South Side!!!
Não faltes, porque TU FAZES FALTA!!

DESDE SEMPRE...FARENSE...PARA SEMPRE!!!

Jantar Ragazzi



O mítico Grupo Ragazzi vai organizar, no sabado dia 20 de Fevereiro , mais um jantar para todos os sócios e amigos SS que queiram aparecer.
Para tal basta inscreverem-se na sede dos SS e por apenas 12.50 poderão-se deliciar com mais um manjar.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Montemor 1-1 FARENSE

Domingo, 14 de Fevereiro pelas 09h da manhã. Desloco-me para o café Farense onde tranquilamente tomo o pequeno almoço enquanto aguardo por o resto dos ultras que vão chegando as poucos. Uns com a frescura da manhã e outros com o andamento da noite la chegam todos menos um...o mesmo de sempre. Carrinhas equipadas pessoal lá dentro e continua a faltar o mesmo...pelas 10h la conseguimos fazer-nos a estrada. 3 carrinhas e alguns carros compõem i comboio que arranca de Faro, de Lisboa seguiriam mais ultras que se encontram radicados lá, mas que nunca deixam de acompnhar o nosso Farense onde quer que ele vá! Força rapazes!1 Uma viagem bastante animada com algumas paragens em sítios tão míticos para nós como o café Coimbra, Mimosa, Canal Caveira. Mais perto de Montemor decidimos parar numa pequena tasca para meter algum reforço no estômago, onde passamos um momento bastante agradável com alguns locais. Feitos a estrada, próxima paragem...Montemor! Chegamos ao destino pelas 1330, dirigimo-nos para perto do estádio onde procuramos alguns cafés onde possamos montar acampamento antes do jogo e acabamos por encontrar o "Polo Norte", café onde iria ser a concentração dos ultras da casa.
Os ultras espalham-se por vários cafés e eu acabo por ficar na companhia de pedro e Ricardo num sitio que deveria ser o mais in daquela pacata localidade. Entramos para comer algo, um sitio bastante cor de rosa frequentado por famílias felizes que nos olhavam de lado...com a fome nem reparei em tal, mas passados alguns minutos devo confessar que me comecei a parecer num episódio de "Alice no pais das maravilhas"! acabo por engolir o burrito que tinha encomendado num só movimento e voltei para a realidade.
No exterior o pessoal reparava já na concentração dos Auri-negros e preparavam-se para ir até lá, eu acabaria por começar os preparativos para o jogo. Levamos as carrinhas para a porta da nossa bancada, adquirir bilhetes, montar bandeiras e aguardar por o pessoal que chegaria pouco tempo depois. Acabando com o vinho que tínhamos, entramos no estádio. A GNR, o costume...tentavam mostrar serviço, mas até se acabariam por adaptar as circunstâncias, ou seja, sairam da bancada...
Na bancada perto de 40 ultras faziam a festa num jogo quase sem historia, onde poucas oportunidades houve.
Muito fumo na entrada das equipas e as tradicionais bandeiras davam cor ao nosso sector. Os cânticos sucediam-se e proporcionaram-se belos momentos ao ponto de passados 2anos, o Johny rebentar com a pele do tambor!!!( recorde de durabilidade de um tambor)
O Farense acabaria por se colocar em vantagem na segunda parte por intermédio de Justo mas o Montemor acabaria de igualar no num lance de sorte, mas isso não justifica o mau desempenho da equipa que não soube criar oportunidades. Nesta fase o nosso Farense tem perdido pontos onde menos se esperava, com adversários bastante inferiores e noutras lutas que não são as nossas neste campeonato, EU QUERO, NÓS QUEREMOS A SUBIDA!! Estou farto desta divisão, destes estádios...quero chegar a 2ªdivisão este ano e olhar parta o nosso objectivo de mais perto, mas para tal temos que marcar presença jogo após jogo na máxima força e cantar como se cada jogo fosse o jogo das nossas vidas!! TEM QUE SER ESTE ANO!!!O resto do jogo seria como foi quase na sua totalidade...sem oportunidades. Mais um empate com sabor a derrota. No fim do jogo acabaríamos por até ao "Polo Norte" beber umas antes do regresso a nossa capital, onde acabaríamos por confraternizar com um membro dos ultras locais. A viagem para Faro seria feita calmamente, com o bravo Valter a guiar uma carrinha de desmaiados, com apenas uma paragem em Canal Caveira para comer uma Sandes de Cosido!! Sim...também não imaginava que tal existisse...

DOMINGO TODOS AO S.LUIS PARA O DERBY REGIONAL COM O ESP.LAGOS!!







Nota: Tivemos um pequeno duelo de claques, algo que não acontecia a algum tempo. Encontramos um grupo, Auri-Negros de nome, composto por malta jovem mas com boa atitude na bancada, sempre com muita animação.
Apoiem sempre o clube da vossa terra!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Resumindo...

Pois bem, caros, ultras, Farenses, amigos, curiosos, sofredores de clubite em recuperação, fregueses, ou lá como se queiram definir…para os que julgavam este Blog morto, lamento desiludir-vos e para os que ansiavam por um novo post…cá esta ele!!

ESTOU DE VOLTA!!

Já lá vai perto de 2meses desde o meu último post, devido a problemas técnicos e pessoais, natal, passagem de ano e mesmo um pouco de preguiça mental, enfim …um leque razoável de desculpas, mas estou volta.

Tanta coisa por dizer que nem sei por onde começar… em nove jornadas, vários foram os acontecimentos na vida do nosso clube e grupo desde então, desde a saída de Edinho do cargo de treinador principal e entrada de Rui Esteves, nada de mais, tendo em conta que seria algo que já se esperava a algumas jornadas, e com a derrota em Monte-Gordo terá sido a gota de água. Realizou-se também pelo segundo ano a Campanha de recolha de roupas que foi um sucesso, tendo o material recolhido sido entregue na caritas, tivemos o GRANDE jantar de Natal dos South Side, cheio de loucura, bom ambiente e muitas histórias como já lhe é característico. Entra Rui Esteves, já nosso conhecido dos tempos de 1ªdivisão “ ainda se denominava assim nessa altura”, com poucos anos de experiência como técnico principal “ bem mais que o Edinho, que se estreava como tal”, mas vários deles treinando equipas de 2ªdivisão,

Com Rui Esteves no comando, os resultados aparecem mas das exibições pouco dava para ver em termos técnicos na equipa, dadas as condições climatéricas que assolaram o nosso Algarve várias semanas, era mais um chuta para a frente, mas os resultados estavam lá, nota-se uma interacção com os jogadores e bastante activo no banco, mostrando liderança, o que considero positivo.

Em dois meses, muita coisa há para ser escrita mas as memorias já não são tão frescas como isso…resumo-me assim a algumas crónicas das 9 jornadas que passaram até ao dia de hoje.

CAMPANHA DE RECOLHA DE ROUPAS




06 de Dezembro- Cova da piedade 1-1 FARENSE

Uma deslocação que era aguardada com alguma ansiedade, dados os acontecimentos da nossa ultima visita a esta localidade subúrbio de Lisboa e as “amizades” criadas. Para mim a vida estava complicada “como sempre” e salvo em última instancia por uma colega que fez o dia de trabalho por mim!!! GRAZIE PITUXA!!

De Faro abalam perto de 40 ultras prontos para mais uma bela tarde de futebol no apoio ao clube de todos nós e também para mais um belo convívio caso os nossos mais recentes amigos quisessem matar saudades nossas. O atraso do costume dado pelas princesas do costume, mas o BuSS lá arranca pelas 10h. Numa viagem que se revelou bastante animada, historias não faltam…para passar o tempo e dar termo a umas garrafas que o “gaivota” tinha trazido para os “manos” criamos um jogo a semelhança do poker.

Cada um recebe uma carta, não a vê, coloca-a na testa virada para todos. Ora bem, conseguimos ver todas as cartas menos a nossa…vai-se a jogo, a carta mais alta safa-se, os restantes…BEBEM! Quem dá as cartas…BEBE! O primeiro a falar…BEBE! Enfim…o resultado disto deixo a vossa imaginação… Chegados a Cova da Piedade faltava pouco menos de 1h para o jogo…o ritual do costume, montar bandeiras, comprar bilhetes, primeiras abordagens do A.C.A.B. e nossos amigos…nem vê-los.

Entramos no estádio bem animados, na bancada perto de 50 ultras componham o sector, com a presença da secção Lisboa!

Chovendo a espaços, e com um jogo equilibrado, ia-se fazendo a festa na bancada. Algumas decisões do árbitro e a expulsão de um jogador nosso, aqueceram os ânimos na bancada…mais parecia a faixa de Gaza, dada a quantidade de bombas a rebentar. Chegado a intervalo…mais do ritual do costume, a saga em busca de cerveja. Prestes a começar a 2ªparte, tentamos esconder algumas cervejas mas o irónico da situação foi que o tentamos fazer quase de frente dos A.C.A.B. que iriam fazer a revista!!! Alguns conseguem entrar com LITRONAS escondidas, outros dão uns goles valentes para acabar com precioso líquido, o pior seria os A.C.A.B. ao deparem com as litronas na bancada ficam de orgulho ferido por falharem na revista a entrada do estádio e mostrando extremas limitações na capacidade de dialogo expulsam 2ultras…este é um pormenor importante, pois daqui para a frente o jogo seria bem diferente.

Começa a 2ªparte e mais do mesmo…tamanha a revolta e loucura na bancada, o reforço policial passa de 4 para 30! O Farense entra com boa atitude e marca golo levando a loucura todos os Farenses presentes, A.C.A.B…limitavam-se a assistir…bombas, tochas, e cânticos a um excelente nível.

O Cova da piedade acabaria por empatar e o festival de roubo do árbitro continuaria até aos últimos instantes da partida em que um PENALTI ESCANDALOSO que até em Faro se viu não seria marcado e com um incrível anti-jogo a ser tolerado por aquela ave rara que passeava dentro do campo vestido de preto.

Acaba o jogo e trazemos connosco um empate que mais soube a derrota dadas as circunstancias do jogo. Ficamos retidos a porta do estádio por algum tempo, saindo do estádio escoltados por 2carros dos A.C.A.B. num autêntico carnaval até as portagens.

A viagem até Faro decorreria dentro da normalidade…





13 de Dezembro – FARENSE 3-2 Lusitano

20 de Dezembro – Beira Mar 2-1 FARENSE

Uma transferta que a partida se iria demonstrar complicada, tendo em conta que o jantar de natal tinha decorrido na noite anterior…para mim, seria um jogo que poria a provar o espírito ultra de alguns.

Mais uma deslocação, mais uma aventura…vida difícil e vou perdendo mais uns aninhos de vida. Jantarada de natal na noite anterior, trabalhar as 06h e arrancar as 1410 do trabalho para monte Gordo. Pensava eu… mas a minha boleia seria nada mais nada menos que o “Velhote” , uma das princesas do costume acompanhado na carrinha por as Sorellas…o “Boy” que se encontrava de Férias em Portugal e o cabeçudo que mais parecia sem vida no banco de trás agarrado a um saco. 1430 e continuava eu impávido e sereno esperando e esperando…faltavam 20m para o jogo e lá consigo avistar a carrinha.

Pelo caminho vamos avistando mais ultras que meio combalidos pela GRANDE noite anterior tentam chegar a custo ao destino.

Chegamos e dirigimo-nos ao estádio em passo de corrida, pois o jogo havia começado a alguns minutos. Na bancada, ou melhor…não havia bancada, perto de 40ultras vão animando como podem controlados pelos “Geninhos” que fazem cada jogo com o Farense o jogo da vida deles.

Dentro do campo, resumo em poucas palavras. 35minutos de jogo e estamos a jogar com mais um jogador. Beira Mar marca, Beira mar volta a marcar…Farense desperdiça e desperdiça…minuto 80, ficamos com dois jogadores a mais, Farense marca de penalti…Desperdiça e desperdiça, Beira Mar queima tempo e graças a deus acaba o jogo!!! A revolta é grande e os “Geninhos” entram no sector tentando levar um ultra…voltando a sair do mesmo sem ele. Eles estão ansiosos por algo há muitos jogos…mais ainda não seria neste que levariam a melhor.

O sector deve manter-se ssempre uno e sempre atento!! Digamos que muitos ultras passaram neste jogo com distinção, embora a nível vocal não tivesse sido dos melhores devido a falta de bancada e aos resquícios da noite anterior.

Esta seria o último jogo do Edinho no comando técnico do Farense e entraria Rui Esteves

23 de Dezembro – Taça do Algarve – Padernense 1-2 FARENSE

19h de Quarta-feira, noite chuvosa a dois dias do natal…quase todas as condições para não apetecer fazer 30km e arriscar-se a uma molha. Mas com os SS…não é bem assim!

MAIS UM JOGO!! A afluência não se esperava grande pois muitos ainda nem tinham saído do trabalho a hora do jogo e outros estariam presos no engarrafamento das 19h na nossa cidade, outros perdiam-se no consumismo de Natal…mas o que é certo é que a conta gotas eles vão aparecendo, uns organizados outros por conta própria. Este seria o primeiro jogo do Rui Esteves no comando do Farense e teria que sentir o nosso apoio.

Chegado a Paderne com um ligeiro atraso, já alguns ultras se faziam ouvir dentro estádio…levo a faixa em passo de corrida, mas chegado a porta…os nossos amigos “Geninhos”, que já os vamos tratando por tu, fizeram questão de nos fazer uma revista digna de 1ªLiga o que nos enche de orgulho e a eles de frustração, pois por mais uma vez não levam nada…ou melhor, quase nada pois o “Bezerro” ainda teve razões de queixa! ;)

Campo em poucas condições para a pratica do futebol, perto de 15ultras na bancada cantando os 90minutos e o nosso Farense apadrinha a estreia do Rui com uma vitória selada com um grande golo de pintassilgo!! Esta foi a história deste jogo.

Terminado o jogo…e compras de ultima hora pois o Natal era no dia seguinte!!!

03 de Janeiro –Castrense 1-2 FARENSE

10 de Janeiro – FARENSE 2-0 Fabril

17 de Janeiro – Quarteirense 1-1 FARENSE

20 de Janeiro – Taça do Algarve – FARENSE 6-0 Guia

Ora aqui está um jogo de todo inesperado, não pelo resultado pois a diferença das equipas assim o previa mas pelos South Side.

São jogos como este que me fazem sentir que estamos no caminho certo…PARA NÓS NÃO HÁ JOGOS BANAIS DESDE QUE O FARENSE JOGUE!!! Fanaticos? Com todo gosto!!

As 20h de uma quarta-feira, como reza a tradição a bancada estava por se compor, uma pequena faixa na rede deixava o mote aos jogadores, “ Não facilitem, o nosso museu agradece!” . Esta é uma taça que não temos no nosso museu e que nos tem escapado nas ultimas três épocas, mas em ano de centenário NÃO!!

Talvez movidos por este espírito, a bancada compôs-se com pouco mais de 50ultras que componham mais de 50% dos espectadores do estádio. Apenas para nós não existem jogos banais, os sócios do Farense teem que acordar para o clube e para Faro!!! Dentro do relvado Justo dava show de Bola marcando 5golos!! E na bancada os South Side faziam daqueles jogos que apetece que não acabe… nestes momentos, nestes jogos, interrogo-me que razão leva alguns que já teem idade para ter juízo a faltar ao trabalho para assistir a um jogo da Taça do Algarve contra uma equipa do distrital? Ou será que é razão suficiente para se chatearam com as namoradas? e só me resta concluir que a mensagem que tão insistentemente tentamos passar a mais de uma década esta a ser transmitida na perfeição…e assim deve continuar!

O nosso objectivo, a nossa luta, a nossa paixão é o Farense e Faro, mas até chegarmos a Faro na perfeição temos uma vida de trabalho, de dedicação, de devoção ao nosso Farense, mas acreditem que esse dia chegara e será de grande satisfação e concretização!! Tão grande ou maior como a que sinto nos dias de hoje ao ver esta mensagem que para muitos seria utópica ser transmitida e propagada por todos aqueles que eram o nosso alvo e agora faz parte da nossa família. Dentro do campo, o trabalho de Rui Esteves começa a fazer-se notar…

24 de Janeiro – FARENSE 1-1 pescadores


31 de Janeiro – Juv. Évora 1-2 FARENSE

A cada crónica de deslocação parece que me torno repetitivo nos seus começos, mas a realidade é mesmo essa…mais uma transferta, menos uns aninhos!

Mais uma em que pensava não poder ir, mais uma com uma ginástica tremenda no trabalho, mais uma viagem alucinante…e sim menos uns anitos de vida.

Jogo em Évora as 15h da tarde distando 280km…acompanhado por André “o mentor da tramóia no trabalho para conseguir estar presente” e o Carinhas, arrancamos de Faro as 1250.

De Faro já tinham abalado na noite anterior perto de 15ultras para socializar com os local´s e de manha o BuSS com mais 35ultras, estando a secção Lisboa também presente.

Optamos por fazer mais uns km e manter a velocidade cruzeiro, seguimos sempre auto-estrada até Évora a uma velocidade de 190km “espero que nenhum geninho leia isto” e chegamos já perto da hora do jogo, andamos perdidos e perguntamos a umas velhotas pelo estádio e aqui começa uma cena típica dos “gato Fedorento”…que pagode! Chegamos ao estádio 5min antes do jogo…dando tempo para beber uma antes do jogo! Entramos ouvindo os ultras na bancada “adoro a sensação de chegar ao estádio e ouvir os ultras ao longe…”, o Farense faz um jogo monumental.

Num jogo bastante renhido” o Juv. Évora é o 1ºclassificado”, o Farense entra a matar e coloca-se em vantagem, o juv. Empata e aqui começa outro jogo…os jogadores das casas vêem-nos provocar nas celebrações provocando a ira em todo o sector bastante bem composto pelas gentes de Faro.

Os ânimos aquecem e o gajo acaba por tirar a camisola…tinha um amarelo e é expulso por acumulação!!! Bancada ao rubro!! Jogo empatado, bancada bastante agitada com pequenos focos de conflito, o Farense a carregar, os condimentos todos!!!

Intervalo. Romaria para os cafés. Começa a 2parte e mais do mesmo, o Farense em cima, os South Side ao mais alto nível e… GOLO!!!!!!!!

Até ao fim do jogo o Farense ainda poderia ter dilatado a vantagem mas voltou a mostrar-se demasiado perdulário na hora da verdade o que já nos custou vários pontos , mas desta vez não seria o caso.

Na parte final como vai sendo tradicional acabamos sofrendo como já é habito para nós Farenses, duas bolas na barra quase repunham o empate, mas lá nos aguentamos.

3 pontos ma casa do líder e uma grande prestação de bancada durante os 90min, uma jornada positiva. A viagem de regresso foi normal com a paragem no sitio do costume quando entramos em terras alentejanas.

07 de Fevereiro -FARENSE 1-1 Moura